Publicado em Deixe um comentário

Espada que Napoleão usou em golpe de Estado de 1799 será leiloada

A espada de Napoleão Bonaparte usou durante o golpe de Estado de 1799 será leiloada nos Estados Unidos no próximo fim de semana, juntamente com cinco armas de fogo que pertenceram ao imperador francês, morto há 200 anos, anunciou uma casa de leilões ontem (30).

O valor total do lote, que será posto à venda de 3 a 5 de dezembro pela casa Rock Island Auction Company, em Illinois, está avaliado entre 1,5 milhão e 3,5 milhões de dólares, segundo o comunicado.

“A espada, acompanhada de sua bainha, é a peça principal da coleção” e será vendida on-line.

A arma saiu das oficinas em Versailles do armeiro Nicolas-Noël Boutet e “Napoleão Bonaparte a levou durante o golpe de Estado do 18 de Brumário 1799” (9 de novembro de 1799), explica a casa leiloeira, que se declara “número um do mundo em leilões de armas de fogo, armas brancas e material militar de coleção”.

Coroado imperador em 2 de dezembro de 1804, Bonaparte ofereceu sua espada ao general Jean-Andoche Junot. Ao morrer, sua esposa teve que vender a arma que esteve primeiro em um museu de Londres e depois passou para as mãos de um colecionador americano, segundo a Rock Island Auction Company.

A casa de leilões lembra em seu comunicado que em 2007 “o sabre que levou (o primeiro cônsul Bonaparte) para a batalha de Marengo (contra as tropas austríacas em junho de 1800 em Piamonte, Itália) foi vendido em um leilão por 6,5 milhões de dólares”.

A França celebrou na primavera passada o bicentenário da morte de Napoleão Bonaparte em 5 de maio de 1821. Na ocasião, o presidente Emmanuel Macron fez um balanço “em claro-escuro” desta figura central da história da França e da Europa.

Publicado em Deixe um comentário

Rascunho de Einstein sobre Teoria da Relatividade é vendido por R$ 72 mi

Um dos rascunhos manuscritos da Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein foi leiloado nesta terça-feira, 23, por 11,6 milhões de euros (cerca de 13 milhões de dólares), em Paris, constatou a AFP.

Anteriormente tinham sido pagos 2,8 milhões de dólares em 2018 por uma carta manuscrita deste eminente cientista, na qual teorizava sobre Deus, e em 2017 foi desembolsado 1,56 milhão de dólares por outra carta na qual elucubrava sobre a felicidade.

O mundo segue mudando. Siga em evolução com a EXAME Academy

O documento leiloado nesta terça-feira estava avaliado entre 2 milhões e 3 milhões de euros. Ao contrário das duas cartas precedentes, trata-se de um valioso trabalho científico.

“Trata-se, sem dúvida alguma, do manuscrito de Einstein mais estimado já posto em leilão”, havia informado anteriormente a casa de leilões Christie’s em um comunicado.

Albert EinsteinUniversal History Archive/Colaborador/Getty Images

O manuscrito de 54 páginas foi redigido em 1913 e 1914, em Zurique (Suíça), pelo famoso físico alemão e seu colaborador e confidente, Michele Besso.

É graças a este engenheiro suíço, explicou a Christie’s, que “o manuscrito chegou, quase que milagrosamente, até nós: Einstein provavelmente não teria se preocupado em conservar o que podia lhe parecer como um documento de trabalho”.

Após sua Teoria da Relatividade especial, que o levou a demonstrar em 1905 a fórmula “E=mc²”, Einstein começou a trabalhar, em 1912, em uma Teoria da Relatividade Geral.

Esta teoria da gravitação, publicada finalmente em novembro de 1915, revolucionou a compreensão do universo. Einstein morreu em 1955 aos 76 anos e se tornou um símbolo da genialidade científica, bem como uma personalidade pop, com a famosa foto de 1951 em que aparece com a língua para fora.

No começo de 1913, tanto Einstein quanto Besso “começaram a trabalhar em um dos problemas com os quais a comunidade científica levava décadas se confrontando: a anomalia da órbita do planeta Mercúrio”, lembrou a Christie’s. Os dois cientistas solucionaram este enigma.

Mas não o fizeram nos cálculos deste manuscrito, que incluem “vários erros que passaram despercebidos”. Quando Einstein os detectou, deixou de se preocupar com o manuscrito, que ficou nas mãos de Michele Besso.

“Os documentos manuscritos científicos de Einstein desse período, e mais geralmente, de antes de 1919, são extremamente raros”, destacou a casa de leilões.

“Como um dos dois únicos manuscritos de trabalho preservados e que documentam a gênese da Teoria da Relatividade Geral, é um registro extraordinário do trabalho de Einstein e proporciona uma visão fascinante da mente do maior cientista do século 20”, acrescentou.

O que dizem as últimas pesquisas científicas mais importantes? Descubra assinando a EXAME.

Publicado em Deixe um comentário

Raro manuscrito de Einstein avaliado em R$ 19,5 milhões será leiloado

Um raríssimo manuscrito deixado pelo cientista Albert Einstein (1879-1955) — e com valor estimado de 3,1 milhões de euros, o equivalente a R$ 19,5 milhões — será leiloado, nesta terça-feira (às 13h22, no horário de Brasília), pela famosa casa de leilões Christie’s, em Paris. A concorrência poderá ser acompanhada por meio de transmissão ao vivo na internet. Para especialistas, essa será a peça mais cara já vendida do acervo de Einstein.

O documento de 54 páginas traz anotações sobre o desenvolvimento da Teoria da Relatividade. De acordo com o leiloeiro, “este é, sem dúvida, o manuscrito mais importante de Einstein a aparecer num leilão”.

“Sendo um dos dois manuscritos que documentam a gênese da Teoria da Relatividade, ele fornece um novo olhar sobre o trabalho de Einstein e uma análise da mente de um dos melhores cientistas do século XX”, afirmou uma das representantes da Christie’s ao jornal “The Washington Post”.

Escrito entre 1913 e 1914, em Zurique, na Suíça, o manuscrito se debruça sobre um mistério cósmico acerca da órbita de Mercúrio. O trabalho foi realizado por Einstein em parceria com o colega Michele Besso (1873-1955), responsável pela preservação dos documentos.

Nascido em 1879, Albert Einstein morreu em 1955, com 76 anos, tendo realizado notáveis avanços na Mecânica Quântica. Ele ganhou o Prémio Nobel da Física em 1921.

Publicado em Deixe um comentário

Leilão oferece carros de luxo com até 50% de desconto

Um Porsche Macan modelo 2016/17, blindado, com lance atual em R$ 188,5 mil, e um Audi TT Coupe 230CV 2015/16, cujo lance atual está em R$ 122,9 mil, estão incluídos em leilão que será realizado no sábado, 27, às 9h15. O evento online é organizado pela Sodré Santoro.

Ambos recuperados de financiamentos — os carros, no lance atual, estão com valores até 50% mais baixos do que a tabela. Na média, veículos seminovos de diversas marcas e modelos serão vendidos por preços até 30% abaixo da tabela.

Os lotes estarão no pátio de Guarulhos (Rod. Presidente Dutra, Km 223,5). Interessados podem acessar o site e consultar o edital completo e condições de venda do leilão.

Para participar, os interessados devem fazer cadastro (preenchimento de formulário e habilitação) no site da leiloeira.

Os leilões de carros acontecem diariamente de segunda-feira a sábado. Em média, a leiloeira promove 25 leilões do tipo por mês.

Leilão de veículos
Data: 27 de novembro, às 9h15
Formato: leilão online com transmissão ao vivo
Leiloeiro oficial: Luiz Fernando de Abreu Sodré Santoro – Jucesp nº 192
Cadastro pelo site

Aprenda a investir seu dinheiro para comprar o carro dos sonhos! Comece agora.